-    Cobertura de todos os tratamentos.
-    Pré tratamento por grades de 6 mm, com compactação dos detritos maiores.
-    Desarenação e desengorduramento combinado em dois tanques longitudinais.
-    Classificador de areias.
-    Tratamento biológico de gorduras.
-    Decantação primária por método lamelar, com injecção de floculantes e polímeros.
-    Tratamento biológico completo por arejamento de bolhas finas e desnitrificação.
-    Desinfecção por ultra-violetas.
-    Espessamento das lamas primárias em dois espessadores gravíticos.
-    Espessamento de lamas biológicas por centrifugação.
-    Digestão anaeróbia das lamas mistas espessadas e produção de biogás.
-    Desidratação das lamas digeridas por centrifugação.
-    Armazenamento das lamas desidratadas num silo de betão, com dispositivo de descarga directa para camiões.
-    Produção de electricidade por cogeração de biogás.
-    Desodorização por lavagem química de três estágios (débito de 33 000 m3/h).



Os elementos que serviram de base à concepção da solução de tratamento construída são os seguintes: 

Caudal médio diário                                    35 900 m3/dia 
Caudal de ponta máximo                            840 L/s 
Carência Bioquímica de Oxigénio              11100 kg /dia 
Carência Química de Oxigénio                   22470kg/dia 
Sólidos em Suspensão                               14460 kg/dia 
Azoto Total de Kjeldhal                                2 550 kg/dia 
Fósforo Total                                                   500 kg/dia 
Coliformes Fecais                                       2x107 un/1oo mL 


    A concepção do sistema de tratamento foi efectuada de modo assegurar, à saida da ETAR, a obtenção dos seguintes objectivos de tratamento: 

Carência Bioquímica de Oxigénio                    25 mg/L 
Carência Química de oxigénio                        125 mg/L 
Sólidos em Suspensão                                     25 mg/L 
Azoto Total                                                        10 mg/L 
Fósforo Total                                                     10 mg/L 
Coliformes Fecais                                         1000 un/loo mL 

    A obtenção destes valores traduz-se em rendimentos médios de tratamento superiores a 95% e permite produzir um efluente tratado com características compatíveis com a sua utilização na rega de espaços verdes e como água de serviço no interior da instalação. 
Os subprodutos do tratamento são constituídos por lamas, areias e gradados. A produção esperada destes produtos, para as condições de carga e caudal anteriormente referidas, é a seguinte: 

Produção de lamas                                            46 m3/dia 
Produção de areias                                              7 m3/dia 
Produção de gradados                                         4 m3/dia 


Todo o processo é gerador de cheiros menos agradáveis, como é evidente, mas este inconveniente é combatido com um sistema sofisticado de tratamento de odores constituída por um circuito de extracção de ar contaminado das seguintes unidades de tratamento:
  
Câmara de chegada das águas residuais brutas; 
Edifício dos pré-tratamentos e decantação primária; 
Espessamento das lamas (primárias e biológicas); 
Tanque de mistura das lamas espessadas; 
Desidratação das lamas. 
A linha de tratamento de ar tem uma capacidade instalada para tratar um volume de 33 000 Nm3/h de ar contaminado. 

O tratamento do ar contaminado consiste na sua lavagem química sequencial nas seguintes três etapas:   
Lavagem ácida (com ácido sulfúrico); 
Lavagem oxidante (com hipoclorito de sódio); 
Lavagem básica (com hidróxido de sódio).   
Após tratamento, o ar apresentará as seguintes concentrações máximas em cargas poluentes:   

Sulfureto de hidrogénio                                        0,05mg/m3
Mercaptanos                                                        0,01mg/m3
Aminas voláteis                                                    0,3mg/m3
Aldeidos totais/excluindo formaldeídos                0,5mg/m3
Formaldeídos                                                       0,5mg/m3
Amoníaco                                                             0,1mg/ m3  


Testes laboratoriais

Como é evidente, todo o processo é controlado no nosso laboratório de análises. A equipa é composta por duas analistas que acompanham o processo a tempo inteiro, estando contactáveis 24 horas por dia, embora esse contacto seja efectuado normalmente com a directora geral.
Tudo é analisado, desde a água, às lamas, ao polímero, as escorrências e até os próprios microrganismos, claro.
















                                 Imagem parcial do laboratório de análises e controlo do processo
CARACTERÍSTICAS